FANTO

sábado, 23 de novembro de 2013

"The Last Phantom" - O Último Fantasma

         Saudações amigos e fãs do “espírito que anda”, hoje a postagem é muito bacana. Além de apresentarmos duas belas ilustrações trazemos ainda uma matéria (de autoria de André Luiz S. Oliveira) sobre O Último Fantasma - "The Last Phantom".

The Last Phantom O último Fantasma

Os desenhos e a arte-final foram produzidos pelo próprio André Luiz especialmente para o Blog do Kit Walker; já a colorização e o arranjo digital ficaram por conta do Milton Kennedy. E são uma homenagem à atual fase do herói lançada nos quadrinhos americanos, pela Dynamite Entertainment, na minissérie chamada "The Last Phantom".

The Last Phantom - O último Fantasma

A história teve 12 edições + 1 anual, entre os anos de 2010 e 2011, e depois encadernada em 2 volumes (maiores informações aqui e aqui). Esta nova saga foi desenhada pelos brasileiros Eduardo Ferigato, Fabiano Neves, Joe Prado e Vinicius Andrade, com roteiros de Scott Beatty. As capas das revistas foram belissimamente ilustradas pelo talentoso Alex Ross. Confira algumas destas capas durante a matéria.



A história começa sem nenhum Fantasma à vista. O 21º Fantasma foi o último da linhagem, e o próximo herdeiro, Kitdrige Walker Jr, se recusou a assumir o manto do Espírito que Anda. Ele seguiu sua vida como um homem de família e dono da empresa Fundação Walkabout, uma organização filantrópica criada pela família Walker, para ajudar o povo de Bengalla e nações próximas da África. A fundação usou inicialmente tesouros piratas vindos diretamente das origens do primeiro Fantasma. O próprio nome da fundação faz referência à jornada que cada jovem Walker faz até que se torne o próximo Fantasma.


Uma rival organização chamada Krieghund, possui um plano para acabar com a Fundação Walkabout e todo o império que ela construiu. Fazem uma emboscada em cima do Kit Walker Jr (que apesar de não querer seguir com a linhagem do Fantasma, sempre carrega consigo uma maleta contendo o cinto, as 2 pistolas, o Anel do Fantasma e o anel da tribo da Patrulha da Selva), e o avião onde ele se encontrava explode e cai no meio da profunda Floresta de Bengalla. Todos na mídia, incluindo o Sr. Quinsling (dono da empresa rival que armou tudo), acreditaram que o Sr. Walker Jr morreu. Mas ele mesmo deixou que todos achassem isto, pois assim seria mais fácil dele voltar como o próximo Fantasma...


Esta emboscada foi muito além do atentado a sua própria vida. Quando ele retornou à fazenda onde morava e viu todo o lugar em chamas e sua família morta, ele percebeu que, como Kit Walker Jr ele não teria meios para lutar contra esta organização criminosa, ele teria que lutar como algo maior, como um Fantasma. Então ele fez de sua aparência igual à um verdadeiro "fantasma", para fazer jus ao nome "espírito que anda". Retirou um pedaço da roupa de sua falecia mulher (um scarf de zebra), se banhou de suco de frutas vermelhas e sangue, fez uma maquiagem no rosto imitando uma caveira, vestiu suas botas, o cinto com dois coldres para as pistolas e os dois anéis. Nascia então o próximo herói da linhagem, o 22º Fantasma.


A história segue mostrando sua jornada para acabar com esta organização criminosa e vingar a morte de sua família. No meio do caminho ele consegue adentrar a sede da organização rival e assume um novo uniforme (pois ele já não estava mais perambulando pela floresta, então não fazia sentido continuar com a aparência que estava). A empresa Krieghund desenvolveu uma roupa especial no estilo stealth (espião), com camuflagem e revestimento kevlar. Ele "pega emprestado" um destes uniformes roxo e acrescenta a máscara clássica (com direito ao cinto, pistolas, botas e anéis), claro!
Isto é só o começo, outras coisas acontecem e ele percebe que a vingança foi apenas uma trágica desculpa para ele se tornar aquilo que estava predestinado a ser.


Interessante que durante a série vai se desenrolando, também vemos flashbacks do treinamento do jovem Kit Walker Jr com seu pai, nosso clássico 21º Fantasma das histórias de Lee Falk, além de que também temos uma pequena participação da sua irmã Heloise.


Toda a série é muito bem desenhada e o roteiro tem umas pitadas de referências clássicas (como o pagamento em diamantes, o primeiro uniforme cinza do Fantasma). Isto só mostra que todos os envolvidos na série realmente entendem da mitologia do herói.
No final, o saldo é totalmente positivo para os fãs do Fantasma. Vamos torcer para que continuem com boas novas histórias do homem que não pode morrer.


E para quem se animou, a Mythos Editora (responsável pela editoração das revistas em quadrinhos da Panini Comics Brasil), tem os planos de lançar este arco de histórias ano que vem numa edição encadernada (provavelmente em capa dura, do mesmo jeito que lançaram as luxosas edições de Juiz Dredd - Origens e O Sombra- Fogo da Criação).


10 comentários:

  1. Cara.... simplesmente sem palavras.

    A coloração ficou muito boa mesmo - eu não faria melhor. Foi uma parceria muito boa, não acha?! Quem sabe teremos outras!?

    Meu amigo, todo o trabalho de fazer os efeitos de luz e sombra na bota, o volume que você deu aos músculos do Fantasma ficaram arrematadores! Sem contar o esquema do sangue escorrendo pelo corpo, ficou super da hora!

    Não poderia deixar de citar que o fundo da imagem que usou para cada um ambientaram o personagem de uma maneira sem igual. Deu o toque final de primeira.

    A montagem que fez de misturar a matéria com as capas da revista ficou muito bacana também.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos dois grandes artistas: André e Milton. Ficaram incríveis os desenhos.
    As capas dessa HQ Last Phantom, me impressionou bastantes e eu procurei em todo lugar essa série e não encontrei, não gosto de baixar via internet, sou das antigas e curto todo aquele lance do cheiro das paginas da revista nova e desfolhar cada página.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Soter Bentes, eu também sou daqueles que preferem sentir o cheiro de revista nova e folhear as páginas...
      Comprei estas revista pelo site da Amazon.com e chegou em casa tranquilo depois de uns 15 dias. Só buscar lá e pagar com seu cartão de crédito internacional, hehehe.

      Excluir
  3. Parabéns aos dois grandes artistas o André e o Milton. Ficaram incríveis os desenhos.

    ResponderExcluir
  4. Eis aí uma parceria fantástica! Milton e André Luiz estão de parabéns, pois a qualidade começou nos desenhos e se estendeu até a interação com as imagens do fundo. Para isso, iluminação e sombra têm que "casar" completamente com a colorização.
    Parabéns também pela matéria sobre o The Last Phantom, ficou impecável!
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Post sensacional!!
    Parabéns aos artistas Milton e André,
    uma parceria de sucesso.
    Muita arte sempre!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Caramba, sensacional! Realmente o desenho de um e a cor do outro somados deu um resultado espetacular, sem deixar devendo a ninguém ! Continuem colhendo mais frutos desta parceria !

    Se eu pudesse apenas dar uma dica seria na cor do site, na parte do conteúdo, o fundo vermelho com as letras brancas cansam a vista após um tempo ;) Mas o conteúdo tá de parabéns !

    Abraços !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato pela visita. Já estamos seguindo sua dica.
      Valeu!

      Excluir
  7. mais uma vez venho dar parabens tambem ao Grande Andre Luiz e ao grande Milton Keneddy das Minas Gerais.Muito legal o desenho, arte final e a colorização ao Mestre Fantasma o Espirito que anda.Renasceu das Cinzas da Dor da perda da Familia para dar o toque como fantasma.Parabens .

    ResponderExcluir
  8. Muito boa essa parceria.
    O resultado final ficou impressionante. Espero ver mais parcerias por aí!
    Parabéns mesmo, pelas artes e pela matéria.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...